17.04.2018
Como a TI pode ajudar na redução de custos?

As atividades da TI contribuem diretamente para o estabelecimento de uma rotina de alta performance e com baixo índice de erros, trazendo mais eficácia e inteligência para qualquer negócio. Por essas e outras, o setor deve sempre desempenhar papel estratégico.

 

Muitas e muitas vezes, a TI é vista como uma área que contribui para o aumento de gastos das empresas. É preciso lembrar, no entanto, que esse setor trabalha com ferramentas de alto valor agregado, simplesmente fundamentais para o sucesso das estratégias corporativas. Na verdade, portanto, a área de TI deve ser vista como geradora de oportunidades.

Entenda desde já: as atividades da TI contribuem diretamente para o estabelecimento de uma rotina de alta performance e com baixo índice de erros, trazendo mais eficácia e inteligência para qualquer negócio. Por essas e outras, o setor deve sempre desempenhar papel estratégico.

Para saber como essa mudança pode ser colocada em prática, fazendo com que a tecnologia contribua para a redução de custos e a melhora da rotina da empresa, confira as estratégias que separamos nos próximos tópicos!

Amplie o nível de automação

automação está associada a melhorias na performance do negócio, assim como à possibilidade de os setores reduzirem seus custos operacionais com ganho de produtividade e eliminação de erros. Nesse sentido, a tecnologia desempenha papel estratégico.

Com o auxílio das ferramentas de TI certas, os gestores podem implementar rotinas automatizadas, que fazem melhor uso dos recursos disponíveis. Dessa forma, a companhia consegue criar um ambiente de trabalho de alta performance, em que erros são evitados sem grandes dificuldades.

Adote uma política de governança de TI

governança de TI é uma política que afeta todos os processos do setor. Por ser bastante abrangente, possui papel primordial para a eliminação de custos operacionais. Além disso, essa política também influencia fatores como segurança digital, desempenho e durabilidade de equipamentos.

O segredo está em adotar uma política de governança que tenha como um de seus focos a redução do desperdício de recursos. Tal política precisa ser moldada para que processos de manutenção preventiva, por exemplo, sejam capazes de ampliar a vida útil de uma solução. Assim, a companhia garantirá o melhor uso possível de suas ferramentas.

Invista no Software as a Service

O Software as a Service (SaaS) ou software como serviço é um modelo de licenciamento de softwares baseado na aquisição de soluções de TI por meio de assinaturas. A solução trouxe mais flexibilidade para o ambiente corporativo, eliminando a necessidade de se manter licenças de aplicações que não estão sendo mais usadas.

O custo de manutenção de ferramentas baseadas no SaaS está ligado diretamente ao número de licenças ativas em determinado período, assim como à quantidade de recursos contratados pelo negócio. Juntos, esses fatores contribuem para que a empresa pague menos para usar suas ferramentas de TI. Os valores são mais previsíveis e, ao mesmo tempo, correspondentes ao que foi efetivamente usado pelos profissionais internos.

Integre ferramentas de computação na nuvem

Dia após dia, a tecnologia tem desempenhado um papel cada vez mais estratégico para o ambiente corporativo. Do aumento do nível de inovação à possibilidade de ampliar a produtividade geral, ferramentas de TI tornam nossas rotinas mais integradas e dinâmicas.

A propósito, como já mencionamos anteriormente, ferramentas de TI também podem ser usadas com a finalidade de reduzir custos. E isso vai além do investimento no software como serviço! Dispositivos da Internet das Coisas e cloud storage, por exemplo, são soluções capazes de reduzir custos e gerar mais competitividade para a empresa.

Um ambiente com sensores térmicos inteligentes, por exemplo, pode diminuir rapidamente seus gastos com refrigeração. Conectados ao sistema de ar-condicionado, esses dispositivos ajustam a intensidade do ar frio (ou quente), sempre de acordo com o número de pessoas no ambiente. Dessa forma, pela precisão da solução, o uso dos recursos energéticos disponíveis diminui continuamente.

Considere a terceirização de serviços

O apoio de parceiros estratégicos também ajuda bastante o negócio a reduzir custos por meio do setor de TI. E o melhor é que essa tática funciona para várias áreas, indo desde a otimização de processos à execução de projetos internos.

outsourcing em TI, por exemplo, pode ser usado para reduzir os gastos com recursos humanos tanto em rotinas diárias como em projetos temporários. Essa solução torna a estrutura do setor mais flexível, com a empresa se moldando de acordo com a demanda interna. Assim, o negócio terá mais flexibilidade para definir seus processos, deixando de pagar para manter profissionais inativos.

Ao mesmo tempo, a empresa pode considerar o apoio de um time de consultoria para melhorar suas rotinas de trabalho. Nesse caso, o consultor auditará todos os processos do negócio em busca de falhas e pontos que possam ser otimizados, partindo para as devidas soluções. Dessa maneira, a empresa consegue aplicar melhorias precisas, que diminuem o investimento necessário para o setor de TI se manter funcional.

Reavalie a estrutura orçamentária do setor

Outro ponto que permite ao negócio diminuir seus gastos com Tecnologia da Informação envolve uma análise da estrutura orçamentária do setor. Faça uma revisão completa de contratos de prestação de serviços, assim como de licenças e ativos existentes. Dessa forma, a empresa conseguirá identificar como cada solução interna contribui para o aumento de gastos a médio e longo prazos.

Se for necessário, renegocie contratos e busque trabalhar ao lado de prestadores de serviço para eliminar aquilo que não for útil ao negócio dos SLAs existentes. E mais: transforme isso em uma rotina! Assim, a empresa terá sempre uma estrutura enxuta e condizente com suas necessidades.

Alinhe estratégias com outras áreas

O alinhamento das rotinas do setor de TI é fundamental para que a área possa contribuir ativamente para o sucesso geral do negócio. Por meio dele, gestores conseguem dimensionar e planejar processos de maneira mais eficaz, evitando o desperdício de recursos e gerando alta competitividade.

Uma boa prática nesse sentido é procurar sempre manter canais de comunicação abertos com outras partes do negócio. Trabalhe lado a lado com os demais setores para entender suas necessidades e metas. Assim, o time de TI atuará continuamente de acordo com as demandas dos usuários, eliminando as chances de execução de processos de baixo impacto.

Por fim, se quer receber outras dicas de TI e redução de custos diretamente na sua caixa de entrada, assine já a nossa newsletter!