07.06.2018
Home office, equipe remota e terceirizados: como integrar ao resto da equipe?

Nos últimos anos o mercado de trabalho passou por grandes mudanças. Empresas tiveram processos flexibilizados e ampliaram a mobilidade no seu dia a dia. Graças a novas tecnologias, ter times com profissionais alocados em vários locais e que possuem rotinas de trabalho modernas (como as de home office) passou a ser algo comum.

Diante disso, um novo desafio surgiu para gestores. Como integrar os profissionais que trabalham com home office, as equipes remotas e os times terceirizados? Quais as melhores estratégias para evitar erros, diminuir conflitos e reduzir riscos?

Quer saber quais são as sete mais importantes? Então veja o nosso post de hoje!

1. Adote objetivos, métricas e prazos claros

Independentemente da maneira como os times internos estão estruturados, é crucial que a empresa tenha um conjunto de metas e prazos para orientar as tomadas de decisões e permitir que os gestores consigam identificar problemas no fluxo de trabalho. Dessa forma, o negócio consegue manter um controle mais rígido sobre as suas atividades e a rotina de trabalho.

As métricas de performance, por exemplo, dão uma visão sobre o andamento de todas as atividades da companhia. Dessa forma, se ocorrer algum problema na integração de uma equipe remota ou de profissionais terceirizados, a empresa consegue realizar mudanças rapidamente, evitando que falhas causem um grande impacto no fluxo de trabalho da empresa.

Já prazos e metas auxiliam os profissionais a se programarem para atingir os resultados que a companhia dele espera. A empresa terá um “ponto de chegada” para mirar sempre que for estruturar processos ou as suas atividades. Assim, torna-se mais fácil para gestores escolherem metodologias e estratégias para cada área do empreendimento.

2. Faça encontros regulares

Uma das formas de garantir que todos atuarão lado a lado e em um fluxo de trabalho contínuo é a realização de encontros regulares. Isso pode ter um papel chave, em especial, durante projetos internos. Quando os times fazem reuniões frequentes, o gestor pode identificar problemas, realizar mudanças e otimizar as rotinas internas com mais qualidade.

Faça reuniões com todos os times para comunicar atrasos, mudanças ou o alcance de metas. Também use os encontros para obter o feedback dos funcionários. Dessa forma, será mais fácil encontrar os pontos que necessitam de melhorias. Assim, o gestor consegue criar um ambiente de trabalho para os times que atuam em home office, as equipes remotas e os times terceirizados.

3. Utilize soluções de comunicação online

Quando a empresa possui times trabalhando em diferentes localidades, manter baixos custos nos processos de comunicação e garantir que os times continuem integrados é um grande desafio. Para contornar esse detalhe, a companhia pode adotar soluções de comunicação online. Com elas, o empreendimento consegue reduzir distâncias, tornar reuniões mais práticas e agilizar processos de tomada de decisão.

Hoje, o mercado conta com uma série de ferramentas para que uma equipe remota ou um profissional que trabalha em home office possa comunicar-se com os seus colegas de trabalho. As que são focadas no envio e recebimento de mensagens de texto, por sinal, possuem funcionalidades que permitem a sua integração com outras soluções para o meio corporativo. Dessa forma, o compartilhamento de informações fica mais ágil e inteligente.

Outro ponto chave são as soluções de videoconferência. Por meio delas, a companhia consegue realizar reuniões online com alta qualidade de imagem e som. Isso reduz a necessidade de um profissional deslocar-se até o local de trabalho para realizar alguma rotina, assim como permite a queda dos custos operacionais.

4. Tenha ferramentas de cloud computing

A computação na nuvem é uma solução que causou um grande impacto em empresas que possuem rotinas de trabalho mais flexível. Ela é fundamental para garantir mais mobilidade para profissionais, reduzindo distâncias, tornando mais prática a troca de informações e dando a profissionais a capacidade de utilizar as suas principais ferramentas na sua rotina.

5. Comemore vitórias presencialmente

Um dos pontos chave para manter times que atuam em diferentes locais ou com políticas de trabalho mais flexíveis em alta produtividade é a busca por mais engajamento. E nesse sentido, há uma série de estratégias para garantir que todos os profissionais mantenham um foco contínuo na busca pelas metas da empresa.

Um deles é comemorar todas as vitórias das equipes. Sempre que uma meta for batida ou um objetivo alcançado, una os times e comunique os feitos dos profissionais. Lembre-se, um gestor não deve apenas executar feedbacks críticos.

6. Tenha objetivos e um planejamento claro

Quando a empresa possui equipes remotas, times terceirizados e profissionais atuando em home office, um dos maiores desafios da empresa é administrar todas as metas e objetivos de cada área. Para que isso seja possível, é importante ter um planejamento eficaz, capaz de prever problemas e evitar que falhas ocorram.

O planejamento deve conter os prazos, as estratégias de ação, os indicadores de performance, as metas e as metodologias que serão utilizadas diariamente por todos os times. Além disso, devem ser traçados planos para mitigar possíveis falhas, reduzir riscos e maximizar a capacidade de todos trabalharem. Dessa forma, a companhia consegue auxiliar todos os profissionais a se prepararem e atuarem em busca dos melhores resultados possíveis.

7. Faça treinamentos e capacitações

Essa é uma dica importante especialmente para garantir que a empresa consiga integrar os profissionais terceirizados com rapidez e precisão é a realização de treinamentos e cursos para capacitar as equipes. Eles permitem que o negócio alinhe as políticas e rotinas de trabalho internas com os novos profissionais.

Por meio de treinamentos, o período de adaptação torna-se menor. Isso reduz significativamente o tempo necessário para que a companhia possa começar a aproveitar os benefícios do outsourcing como um investimento estratégico. A redução de custos, o ganho de produtividade e o aumento da flexibilização interna serão mensurados mais rapidamente, o que implica em mais competitividade para a empresa.

Investindo nas nossas dicas, você pode reduzir riscos e manter todos os times mais integrados. A empresa terá um fluxo de trabalho com mais agilidade e livre de falhas. Dessa forma, o empreendimento consegue manter as equipes remotas, os profissionais em home office e os times terceirizados atuando da melhor forma possível para manter a companhia competitiva.

Gostou das nossas dicas e quer saber de outras novidades do blog sobre o tema? Assine já a nossa newsletter!